CRECHE DE NEGÓCIOS

Começou a empreender? Veja como conciliar o emprego e o seu negócio

Nada de levar o seu emprego fixo na maciota quando começar a empreender, hein?? Veja como conciliar o seu trabalho com o seu negócio que tá começando.

16h | 21 de novembro 2020 Por Capitã SOS

Marinheira e marinheiro, eu sei como é a vida de quem quer empreender, mas tem um emprego fixo: antes de se jogar no mar do empreendedorismo, você precisa ter segurança, especialmente financeira. Por isso, é difícil largar a segurança do seu emprego! Mas, adivinha: você não precisa fazer isso até estar pronta e pronto!!

E, hoje, você vai ver algumas formas de conciliar o seu emprego fixo com o seu negócio. Mas não é só bater ponto e levar na maciota, tá???? As dicas são pra quem sabe que, até o próprio negócio dar pé, precisa continuar dando 100% na empresa onde trabalha.

Entendido, tripulação??? Então, pode pegar o caderninho do sucesso pra anotar todas as dicas:

Vai ser difícil? Vai.

Vamos tirar uma coisa da frente: não vai ser fácil conciliar as duas coisas. Afinal, você já trabalha uma boa quantidade de horas por dia... E vai ter que trabalhar algumas a mais!

Por isso, é essencial que você fique de olho em duas coisas: a organização do seu tempo e o motivo pelo qual você quer começar seu negócio.

Nathalia Arcuri concentrada, falando pausadamente "simples"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri concentrada, falando pausadamente "simples"

Quando você vai fazer isso?

Com a primeira, que é a organização do tempo, você descobre a melhor forma de arrumar as horas no seu dia pra dar conta de tudo.

Talvez você precise acordar mais cedo pra tocar seu negócio antes do trabalho, ou você prefira focar no seu negócio depois, à noite. Talvez, você tire os finais de semana pra isso também. Não importa a sua escolha: você PRECISA saber quantas horas vai dedicar a ele.

Pra te ajudar, eu tenho uma ferramenta perfeita: é o Mepouplanner, o planner da Me Poupe!

#PRATODOSVEREM: Nath Arcuri, sentada, no estúdio com fundo branco e detalhes pretos, levanta os braços e grita "Ah, que festa!".

"Pra que que serve isso, Capitã???"

O nome já diz, né? Ele foi feito pra te ajudar a se planejar.

Funciona assim: o primeiro passo é anotar CADA tarefa que você tem que fazer, seja em casa, seja no seu negócio. Depois, é só colocar no planner quando você vai completar essa tarefa, prevendo também quanto tempo cada tarefa vai levar! Por fim, claro, precisa seguir!!

Pra começar a usar hoje o planner, é só clicar aqui e baixar!

Cuidado pra não se sobrecarregar!

Mas, tripulação, cuidado com a sobrecarga! Não esqueça de incluir no seu planner a sua vida pessoal e seus momentos de lazer - e cumpri-los!

Afinal, é importante estar com a sua família e os seus amigos, fazer seus hobbies, ter uma folga do trabalho, tanto o fixo como o seu próprio negócio. Além disso fazer bem pra sua saúde, arejar a cabeça também pode trazer novas ideias!

Nathalia Arcuri tocando na cabeça, com cara de "entendeu?"

PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri tocando na cabeça, com cara de "entendeu?"

Por que você vai fazer isso?

Foco na missão, tripulação!!!

Afinal, vai ter dias em que a maré vai subir, a tempestade vai pegar, e você vai querer jogar tudo pro alto e abandonar o barco. É nessa hora que você precisa saber muito bem POR QUÊ tá nessa jornada de empreender: de que forma a sua empresa vai fazer a diferença na vida das pessoas? Por que elas PRECISAM do seu produto ou do seu serviço?

Essas respostas não vão só te impulsionar pra continuar seguindo, mas também em momentos de decisões importantes. Se você estiver em dúvida, lembre-se sempre do seu propósito com a empresa, e avalie qual das opções te aproxima dele!

Afinal, uma empresa sem propósito até pode dar certo... Mas as chances de você abandonar o barco antes são maiores. Se você não sabe ao certo por que está se dedicando tanto a alguma coisa, por que continuaria??

Faz sentido??

Então, já vou aproveitar o assunto pra te lembrar que, se você ainda não preencheu o Canvas, é hora de parar tudo e fazer isso com calma. O Canvas é uma ferramenta MUITO valiosa. Ela te ajuda justamente a entender o que você faz, por quê, pra quem... E essas são informações que você tem que ter com muuuuita clareza na hora de empreender. Clique aqui pra conhecer e já preencher o seu!

Lembre-se: você ainda tem um compromisso

Marinheira e marinheiro, enquanto você estiver tocando seu emprego fixo ao mesmo tempo que começa a sua empresa, não deixe seu empregador na mão!! Usar as horas do trabalho pra tocar o seu negócio é tão anti ético que me dá até tontura só de pensar...

Imagine que a empresa que você tá começando agora vai virar um grande sucesso. Então, você vai contratar um monte de funcionários! Até que, um dia, descobre que um deles está usando o horário de trabalho pra empreender. Como você iria se sentir??

Aposto que não ia gostar, né? Então, não vacile com a sua patroa e o seu patrão e cumpra o combinado!

Acho que eu nem preciso falar, mas não custa relembrar: antes de largar seu emprego pra se dedicar totalmente à sua empresa, você PRECISA da sua reserva de emergência completa!! Afinal, é claro que você e eu queremos que sua empresa dê lucro o mais rápido possível. Mas, e se isso não acontecer? É aí que entra a reserva de emergência, pra garantir que você vai  poder continuar se dedicando ao seu negócio.

"Capitã, eu até tenho um dinheiro guardado, mas não sei se é suficiente..."

A reserva de emergência tem que ser de pelo menos 6 meses do seu custo de vida, e estar em um investimento de liquidez imediata. Ixi, não entendeu nada?? Dá uma olhada nesse vídeo que a rainha das finanças, Nath Arcuri, já conta TUDO sobre reserva de emergência nele:

Tripulação, espero que esse post tenha te ajudado a ver como É POSSÍVEL empreender e ainda continuar no seu emprego até a hora de mudar de barco!

E, se você sabe de mais uma marinheira ou marinheiro que está começando a empreender e precisa de ajuda pra conciliar o próprio negócio com o trabalho, use os botões aí embaixo pra mandar esse texto pra ela e pra ele!

Até a próxima, e lembre-se: se estiver cansado, a saída é descansar, e não desistir.

Leia também


Compartilhe este post

Posts relacionados

Este site usa cookies para garantir que você obtenha uma melhor experiência conosco. Para saber mais, acesse nossa Política de Privacidade