CRECHE DE NEGÓCIOS

Medo de empreender: veja 4 deles - e como superá-los!

Já começou ou tá começando a empreender, mas o medo te impede de enxergar lá na frente? Veja 4 grandes medos de quem empreende e como superá-los!

10h | 31 de outubro 2020 Por Capitã SOS

Tripulação do SOS Me Poupe!, você nem precisa me falar que eu já sei: tem dias que você perde o sono pensando no seu próprio negócio, né? O medo de empreender não tem só uma faceta, mas assusta todo mundo que decide trabalhar por conta ou abrir uma empresa!

Mas eu, sendo a Capitã maravilhosa que sou e sempre pronta pra te ajudar, não vou te deixar à deriva com dúvidas que você às vezes nem sabe que tem, nem aceitar que você deixe de tirar suas ideias do papel por MEDO!

Então, nesse post, eu juntei 4 grandes medos de quem tá pensando em começar ou tá começando agora nesses mares cheios de neblina e surpresas do empreendedorismo.

Aliás, falando em neblina e surpresas, o primeiro medo tem TUDO a ver com isso! Olha só:

#PARATODOSVEREM: Nathalia Arcuri está sentada em um sofá com manta de listras brancas e pretas. Ao fundo, elementos adesivos brancos e pretos que remetem ao universo financeiro. Com as mãos levantadas, Nath diz "PRESTA ATENÇÃO"

Não saber o quanto vai ganhar

Tripulação, você sabe que a melhor forma de combater incertezas é com conhecimento. E não saber o quanto vai ganhar nada mais é do que uma incerteza, né??

Nesse caso, um bom planejamento financeiro pode ajudar a combater esse medo de empreender: não saber o quanto vai ganhar! Até porque, em primeiro lugar, você sabe o quanto vai ganhar porque sua empresa te paga um salário, certo?

CERTO??? Tripulação, já falamos disso aqui, hein! Não quero nenhuma marinheira e marinheiro achando que o dinheiro da empresa e o seu próprio dinheiro são a mesma coisa.

Fazer o planejamento financeiro da sua empresa, além de te ajudar a ter controle dos gastos, do que entra e do que sai, também mostra o quanto vai sobrar pra reinvestir!

Eu já contei pra você o passo a passo de como preencher a planilha de gastos da Me Poupe!, lembra? E, se você ainda não pôs em prática, pode fazer isso agora mesmo clicando aqui!

É tudo eu nessa empresa!

Quem é autônomo ou começa a empreender sozinho provavelmente vai se identificar aqui...

Você é a pessoa do administrativo, financeiro, criativo, marketing, além de cuidar da produção e de qualquer bucha que surgir. Cuidar de um negócio sozinho não é nada fácil, tripulação. Portanto, não é à toa que muita gente tem medo de não dar conta.

Por isso, você precisa saber a hora de delegar. Isto é, em algum momento, você vai ter que contratar pessoas pra cuidar de alguns aspectos da empresa. E isso é ótimo! Em primeiro lugar, porque é um sinal de que sua empresa está crescendo. E, depois, porque você vai poder focar no gerenciamento e no que faz melhor: criar produtos e serviços melhores pros seus clientes!

Nathalia Arcuri tocando na cabeça, com cara de "entendeu?"

PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri tocando na cabeça, com cara de "entendeu?"

O fantasma dos impostos

Só que crescer é assim né... Pode doer! Quem teve estirão de crescimento quando virou adolescente sabe do que eu tô falando.

E uma das dores que meus marinheiros mais têm é na hora de pagar impostos. Afinal, de modo geral, quanto mais você fatura, mais impostos vai pagar.

E aí, tripulação, o que você prefere: faturar menos e pagar menos impostos... Ou faturar mais, mas pagar menos impostos???

CUIDADO AQUI, HEIN???

Nosso cérebro tem tanto medo de "perder" que só de falar em pagar mais imposto, ele trava. Só que Pagar mais imposto, nesse caso, significa que você tá ganhando mais dinheiro, vendendo mais e vendo sua empresa crescer!

Pensa comigo: você prefere faturar em UM MÊS 20 mil reais e pagar 7% de imposto, o que te deixa com 18,6 mil no fim, ou faturar 3 mil em um mês e só pagar a DAS de 60 reais, ficando com 2.940 reais?

Eu tenho CERTEZA que você vai preferir a primeira opção, apesar do imposto ser maior! Afinal, ela também significa mais dinheiro entrando.

Basicamente, tripulação, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades e com mais vendas vêm mais impostos. E não precisa ter medo deles, mas, sim, entendê-los e encontrar a melhor opção pra sua empresa!

Então, já dou uma dica prática! Se você é MEI e fatura mais de 6.750 por mês, fale com um contador pra ver qual a melhor opção pra mudar o enquadramento da sua empresa e continuar crescendo.

E se der errado?

Ih, tripulação, o tanto de marinheira e marinheiro talentoso que eu já vi no porto só olhando meu navio ir pro mar aberto...

Eu não vou mentir pra você: o risco do seu empreendimento não dar certo existe. Sabia que 3 em cada 5 empresas fecham nos primeiros 5 anos??

"Caramba, Capitã, isso era pra me motivar????"

Nathalia Arcuri falando "calma!"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri falando "calma!"

SIM, marinheira e marinheiro. Afinal, sua empresa pode ser uma das duas que vão além disso! E, se não forem, você com certeza aprenderá muito no caminho.

Mas mais importante é saber que todo risco pode ser calculado e diminuído. Sabe como fazer isso? PLANEJAMENTO! Ao saber quais riscos seu negócio corre, você pode traçar estratégias para diminui-los e até contorná-los. Isso não GARANTE o sucesso, mas garante que você está preparada e preparado para possíveis problemas que surgirão.

Por exemplo, sua empresa corre o risco de ter que arcar com multas altas se não pagar os impostos direitinho e no prazo certo. E isso pode, SIM, ser fatal pra ela!

Como contornar esse risco? Garantindo o cumprimento da legislação, contratando um contador, criando lembretes pra esses prazos...

Você pode fazer esse exercício hoje mesmo: identifique três riscos que sua empresa pode correr e formas de contorná-los. Tenho certeza que você até já sabe quais são esses riscos, porque são os que te trouxeram até esse texto!

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri apontando a Margarete pra tela e dizendo 'você está vacilando'

Entenda e supere o medo de empreender!

E então, tripulação, vai dar pra dormir melhor essa noite sabendo que, apesar desses medos não serem coisa da sua cabeça, eles podem ser contornados??

Mas ó, não adianta nada saber disso e não AGIR! Então, quero ver todo mundo trabalhando pra entender o medo de empreender, o que tem por trás dele e reduzir os riscos pra ir cada vez mais longe no mar do empreendedorismo, combinado?!

Agora, uma última tarefa especial da sua Capitã: manda esse post pra sua amiga e pro seu amigo que tem EXATAMENTE um dos medos que você leu aqui. É só clicar nos botões aqui embaixo pra fazer isso!

Até a próxima, e lembre-se: se der medo, vai com medo mesmo!

Leia também


Compartilhe este post

Posts relacionados